posts recentes...clique...navegue...explore.

27.3.18

Cartas


(...)

Escrevo cartas imaginárias
Que nunca chegarão ao destino
É como os ossos e músculos que nos sustentam
Mas que não precisamos ver expostos ou sangrando...



 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se expresse!