Posts recentes...clique...navegue...explore!

26.11.17

Marés


No horizonte, quando uma maré forte
Encontra um nadador sem medo de correntezas
Eles se entendem nessa estranha sintonia entre opostos
Que não para com os choques, cria movimentos
Porque cada um bate no outro e volta

Mas não volta o mesmo
E nem para o mesmo lugar...

2017

19.11.17

Diga X


Eu percebo e adoro
Quem me provoca
Bons sorrisos

É assim...

O sorriso sai
A pessoa entra
Para o meu coração
Para a minha história
Para as minhas memórias



2017

18.11.17

Tudo

Seja você todo|toda com todas as suas peculiaridades. Todas.




2017

8.11.17

Espelho


Quando sua casa
Quando seu sexo
Quando seu corpo
Quando suas ações
Quando seus amores
Quando suas escolhas
Quando seus pensamentos
Quando seus arrependimentos
Quando quem você vê no espelho

Traduzem exatamente quem é você,

É porque não andou por aí a esmo
Está onde está por escolhas suas
E isso revela um grande poder
O de perseguir-se pela vida
E conseguir se encontrar
E ver que fazer isso
É evoluir
É ser
É...




2017

7.11.17

Vontades


Vontade dá
Vontade vai
Vontade vem
Vontade passa?

Pra onde passa?
Pra lugar algum?
Pra onde ela vai?

Vai pra você...
Vai além...
Vai...

Sem mim.




2017

5.11.17

E por falar...


Um amor pode tocá-lo, transformá-lo e propagar-se de diferentes maneiras; pode virar filhos, frases, crônicas, poemas, músicas, filmes, livros, canecas, imãs, camisetas, lenços, moleskines, cartazes, prints, blog, tatuagem e até uma exposição de arte.

Afinal, algo tão raro e original não deve acabar apenas por uma decisão matemática de que se um mais um não é igual a dois, o resultado então tem que ser igual a zero. Um amor é mais do que uma questão pessoal, é uma dádiva universal. Faz bem ao mundo.

Um amor quando surge em alguém, independente das somas inexatas da vida, deve expandir, ao invés de encolher; deve continuar sua jornada de iluminar brumas; deve ser uma inspiração para fazermos os dias melhores, para voltarmos a ter contato com uma realidade mais amena e mais relevante. 

Ao invés de ser vítima de interrupções forçadas de sentimentos por incorrespondências ou vidas desconexas, um amor deve seguir adiante e completar seu ciclo até alcançar outro.

Encontrar um amor é sempre um presente. A despeito de acertos e desacertos, não devemos sufocá-lo; ele deve continuar respirando, escolhendo para onde ir, livre...

Um amor nunca morre, apenas muda de mãos.


2017

4.11.17

Livre


(...)

Não vou mais expulsá-lo com escândalos
Não vou entrar em brigas corporais com ele
Não vou matar meu amor e tão pouco afastá-lo

Vou deixá-lo vagando por aqui...

Me  agarrando pelos cantos cheio de braços
Me atiçando pela casa com seu peito descamisado
No sofá com suas coxas enormes desafiando o short

Vou deixá-lo bem à vontade...

Me dando beijos safados ao chegar do trabalho
Me ajudando a lavar louças de cuecas todo lindo
Na cama nu, me convidando sob um reticente lençol

Vou deixar ele me divertir mais...

2017