Posts recentes...clique...navegue...explore!

21.6.17

O Senhor das Palavras




E lá estava ele, o Senhor das Palavras
Sempre sabia o que dizer com suas frases exatas
Doava palavras de apoio e força para os fragilizados
Distribuía para as mulheres galanteios sempre certeiros 
E usava sempre um tom grave e sincero com os mais velhos

E ela, que também era muito hábil com as palavras por profissão
Em um encontro no pátio, aceitou o desafio dele de trocarem verbos
Ele começou o jogo usando os verbos surpreender, conhecer e encantar
Despretensiosa, ela preferiu seguir o jogo usando o observar e o flertar
E ele, cheio de charme, quase a chamou de covarde por  não querer apostar

Levando tudo como uma brincadeira, ela usou o repetir, o sorrir e o permitir
Ele a olhou demorado e, como se já a conhecesse, usou o provocar e o instigar 
Acreditando que, com aquelas escolhas, ele estava jogava sério, ela usou o abrir
Ele então deu um sorriso desconcertante, e usou sem economia o cativar e o seduzir
Ela, sem medos e livre para jogar como bem quisesse, escolheu o aceitarprosseguir

Sem cerimônia, na contramão da jogada, ele subitamente tirou da cartola o desconversar 
Sem entender muito bem aquela sequência, ela ficou confusa e precavida usou o parar
Ele então afirmou contundente que continuaria, e escolheu usar conveniente pausar
Ela, dividida com a maneira com que ele jogava com as palavras, usou o retirar
E ele, para não perder precocemente, usou rápido o dissimular e o reafirmar

Tempos depois, Ele reapareceu para jogar sem compromisso de ganhar
E ela, sem perceber que já estava enredada, usou o recomeçar
Ele usou altas doses do desejar, do envolver e do cortejar
Impressionada com o alto teor de suas novas jogadas
Ela usou de uma só vez o ceder e o permitir
E ele, contrariando os rumos do jogo,
Sacou o desapegar e o sumir

Em reação, ela travou todo o jogo
Tempos depois, ele voltou com o incitar
Farta daquelas estranhas regras, ela usou o ignorar
Mas, mesmo sem jogar, o desafio entre os dois permanecia
E um dia, desarmada dos embates, ela apareceu usando o dialogar
Percebendo o momento, ele jogou pesado e usou o investir e o conquistar

Ela então, acreditando nas aparentes novas regras, arriscou usar o assumir
Enquanto ele, aparentemente firme, usou o querer, o demonstrar e o sentir
Segura com aquela coerência, ela avançou com o questionar e o decidir
Para sair do cheque mate, ele sacou que usou o tempo todo o iludir
Na hora ela viu que não era uma parceira e sim a própria jogada
Ficou abalada, admitiu que perdeu e por fim usou o partir...


2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se expresse!