Posts recentes...clique...navegue...explore!

29.1.16

Plenitude



Quando você conquista a liberdade de pensar, sentir, refletir, intuir, consentir,  ir, vir, voltar, desapegar, mudar, vivenciar, ver, perceber, querer, ser...

Quando você encara desejos, medos, aprendizados, planos, equívocos, afinidades, felicidades, dificuldades, cumplicidades, intimidades, proximidades, paixões, arrependimentos, ilusões, opiniões, apegos, diferenças, faltas, fantasias, falhas, sentimentos...

Quando você assume exatamente quem você é, tão claramente que não é capaz de confundir ninguém, nem você mesmo...

Quando você consegue se lançar inteiro nas oportunidades, nas chances, nas surpresas, nas descobertas e no desconhecido...

Quando você honra nome, dna, espermatozóide, óvulo, espírito e sopro...

Você vicia nisso.

Nunca mais aceita ser menos, se encolher, se retrair, se despedaçar para caber em qualquer coisa ou situação que não te suporte...

Se dá conta de que o maior prazer está em seguir sendo você.

Simples assim.


2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se expresse!