Posts recentes...clique...navegue...explore!

23.5.13

Safadezas, sabores e delícias. Por Vianne Rocher


Por Vianne Rocher


Ah...Lucrécio, um dos ditados que mais amo na vida é o "cuidado com o que você quer, porque você pode conseguir". Não foram poucas as vezes que recebi cantadas perseverantes, atenções realçadas, verdadeiras configurações de dias inolvidáveis e no H da hora, do homem e do hoje, nada!

O fato é que as pessoas adoram desejar; querer o que lhes parece impossível; arquitetar engenhosas formas de obtê-lo para, em seguida da conquista do objeto, perecerem e voltarem remansadas para suas vidas ordinárias. Afinal, atirar-se à falta de contornos exatos de uma paixão incomensurável é coisa para quase nenhum!


Você, meu safadeco amado, em busca de águas raras atravessa terras, pula muros, se prepara para arrombar portas mas, se por um comparsa acaso elas já estão abertas, hesita um pouco com a surpresa para depois avançar com sede ainda maior na empreitada. E só intrépidos como você, meu caro amante temperado no dendê, descobrem as delícias do outro lado; ampliam a estreiteza dessa vida roteirizada e gozam na escuridão.

Por isso estou desatinada à caminho do seu ser. Agora que entrou, seu safadeco-gostosildo, pode ficar quietinho ou levado; amoroso ou desembestado; cachorro faminto ou poeta inspirado; regado a vinhos caros ou a aguardentes baratos. Tanto faz. Entre silêncios, espasmos e deleites, quero todos os sabores de você!

2013