Posts recentes...clique...navegue...explore!

28.8.10

Ciclos


Sonhos, crenças, emoções e sensibilidades revelam-se, estavam aqui o tempo todo...
Soltas do confinamento, folhas voam soltas, bailando em um céu agora azul.
São folhas de outono guardadas em gavetas, em cadernos, no coração.

Não há arrependimentos...

Só alguns lamentos por uma estação que durou demasiadamente.
É agosto, mas o sol tem brilho de verão e o ano começou agora.

Tempo de olhar para frente...

De ir sem pressa, curtindo o vento tocando esse corpo liberto
E enche de prazer pernas que aprenderam a andar sozinhas.

Fim de ciclo.


2010