Posts recentes...clique...navegue...explore!

21.7.10

A escritora.


Julho de 2010, o tempo que a vida escolheu (depois de uma difícil negociação) para ser a hora em que, finalmente, nasce a escritora que há tanto tempo me habita.

Quebrei muitas camadas para chegar aqui, mas nunca desisti; sempre alimentei a escritora com incontáveis impressões, observações, opiniões, idéias, sonhos e também com inevitáveis contradições, desilusões, equívocos e frustrações terrenas.

Não vai ser fácil: engatinhar, andar, crescer, mas vai ser uma jornada infinitamente gostosa e divertida.

Que me venham as palavras das gavetas, dos cadernos, dos arquivos, da memória, das páginas esquecidas em mil lugares...

Que me venham as palavras não escritas...