Posts recentes...clique...navegue...explore!

27.7.04

Dias vermelhos...

Balas perdidas
Guerras sangrentas
Assassinatos em família
Crianças nas ruas passando fome
África esquecida pela humanidade
Celebridades e vaidades
Comércio de privacidades
Sequestro de almas.

Nunca estivemos tão longe da paz.
E a violência não é mais uma referência distante, de campos de batalha
Ela mora na nossa rua, às vezes, em nossas casas.

O ser humano, tão inteligente, resolve doenças e descobre novos planetas.
Só não consegue amar o outro como a si mesmo.
E no final, isso apenas representa que ele também não se ama.
Quem não se ama não se cuida e não sabe cuidar.
Quem não ama mata o outro de muitas maneiras
Quem mata, morre.


2004